• Decodificação de testes on-line - urina, sangue, geral e bioquímica.
  • O que bactérias e inclusões na análise de urina significam?
  • Como entender a análise da criança?
  • Características da análise por ressonância magnética
  • Testes especiais, ECG e ultra-som
  • Taxas de gravidez e valores de variância.
Explicação de análises

Diagnóstico de ressonância magnética - o que é isso? Nomeação, benefícios e contra-indicações

MRI (ressonância magnética) é usado em muitas áreas da medicina.

Este método de diagnóstico é uma maneira relativamente segura e informativa de investigar várias patologias. Considere o que este estudo representa e quando é usado.

Conteúdos

O que é diagnóstico de ressonância magnética?

O diagnóstico por ressonância magnética é um método de pesquisa não invasivo (sem intervenção interna) que fornece informações sobre o status e a estrutura dos órgãos internos de uma pessoa.

O método de diagnóstico baseia-se na medição de campos eletromagnéticos de diferentes órgãos e tecidos do corpo humano. Esta informação é analisada pelo computador e produz um resultado que o especialista avalia.

Aparelho de diagnóstico por ressonância magnética

Graças a equipamentos modernos, é possível obter um modelo tridimensional de estruturas internas. Este método encontrou ampla aplicação na medicina moderna, especialmente nos casos em que os métodos de exame invasivo são contraindicados ao paciente.

Quando indicado por um médico de ressonância magnética?

O diagnóstico não está relacionado à radiação ionizante e é relativamente seguro para o paciente.

Em alguns casos, a ressonância magnética é usada usando meios de contraste para produzir uma imagem clara e detalhada. Em tais casos, o risco de desenvolver reações alérgicas é possível.

A pesquisa pode ser realizada à vontade ou o especialista a orienta sob suspeita de inchaço, aneurisma, trauma, doenças da coluna e outros problemas dependendo das queixas do paciente.

Quais doenças podem ser detectadas com ressonância magnética?

Ressonância magnética do cérebro

Ressonância magnética do cérebro, foto

Existem vários tipos de pesquisas que permitem ao médico esclarecer o diagnóstico:

1. MRI do cérebro. Dá a oportunidade de identificar tumores, a condição dos nervos visuais e auditivos, bem como identificar problemas com os vasos e a presença de aneurismas.

2. MRI da espinha. Usado para identificar as causas da dor incompreensível, bem como após lesões.

Diagnóstico não só fornece informações sobre o estado dos discos intervertebrais, a presença de hérnias e tumores desta zona, mas também permite investigar a taxa de fluxo do líquido cefalorraquidiano e aprender sobre os problemas com o fornecimento de sangue nesta área.

3. MRI das articulações. Permite diagnosticar lesões crônicas e deformidades das articulações, revelando as características da fusão das fraturas, esclarecendo a estrutura óssea e a presença de tumores.

4. MRI da cavidade abdominal. Dá uma oportunidade para visualizar os órgãos do parênquima, a localização e tamanho dos gânglios linfáticos, o estado dos vasos.

Utilizado para diagnosticar o processo do tumor, esclareci sua prevalência e realizo o controle após o tratamento antitumoral.

Este método não é informativo no diagnóstico de doenças intestinais, assim como na urolitíase e em outras patologias, devido ao fato de estruturas individuais não serem visualizadas em tal estudo.

Vantagens do diagnóstico de ressonância magnética na medicina

Vantagens do diagnóstico por ressonância magnética

análise cerebral

A ressonância magnética na medicina é usada principalmente para diagnosticar a patologia dos tecidos moles. O método encontrou ampla aplicação em oncologia, diagnóstico de patologia da coluna e do cérebro, angiologia e outros campos da medicina.

As principais vantagens são:

  • ausência de carga de radiação em contraste com a TC;
  • método altamente informativo de diagnosticar tumores em estágios iniciais;
  • você pode obter uma imagem de qualidade sem usar contraste;
  • nos permite esclarecer não só a estrutura, mas também alguns parâmetros funcionais (velocidade do fluxo do líquido cefalorraquidiano, ativação do córtex cerebral, velocidade do fluxo sangüíneo, etc.).

Importante! Este método praticamente não é utilizado no diagnóstico da patologia dos pulmões, estômago, ossos e intestinos.

Como se parece o procedimento de ressonância magnética?

Qual é o procedimento para o exame de ressonância magnética?

Procedimento de exame de ressonância magnética, foto 2

Na maioria dos casos, a preparação especial para o diagnóstico não é necessária, exceto para a ressonância magnética da cavidade abdominal.

Antes de iniciar o procedimento, o paciente é solicitado a remover todos os objetos de metal (botões, jóias, etc.), pois eles podem afetar a qualidade e os resultados do estudo.

O paciente é convidado para a sala de estudos de ressonância magnética, onde ele está em um tubo especial. Existem dispositivos em que o paciente pode ficar durante o estudo, mas eles são inferiores em qualidade de imagem.

Durante todo o estudo, o especialista observa o paciente com equipamento de vídeo. Se necessário, você pode conversar com o médico usando o intercomunicador.

O principal requisito é a máxima imobilidade do paciente - isso é importante para obter a melhor qualidade de imagem. Todo o processo dura cerca de 20 a 30 minutos.

Se necessário, antes do estudo, um contraste é apresentado ao paciente para examinar com mais precisão as áreas desejadas.

Durante o exame, o paciente pode ser perturbado pelo ruído do dispositivo, que é normal para o dispositivo. Para fazer barulho não causa desconforto, você pode usar fones de ouvido especiais.

O problema pode ser um espaço estreito e fechado, assustando as pessoas que sofrem de claustrofobia. Em recém-nascidos e crianças, a anestesia de curta duração é frequentemente usada no estudo, porque é difícil para os pacientes jovens permanecerem imóveis por tanto tempo.

Os sedativos pulmonares também podem ser recomendados para adultos que tiveram uma experiência negativa com tais exames.

Contraindicações MRI diagnostic

Contraindicações MRI diagnostic Apesar da relativa segurança do estudo, há várias contra-indicações para sua conduta:

  1. A presença de um marcapasso no paciente.
  2. Alguns tipos de implantes no ouvido médio.
  3. Placas, fragmentos ou aparelhos de metal Ilizarov.
  4. O primeiro trimestre da gravidez, como não há dados comprovados sobre o efeito dos campos magnéticos na formação do feto.
  5. Pacientes mentalmente instáveis.
  6. Pacientes em coma ou com doenças graves concomitantes no estágio de descompensação.
  7. A presença de tatuagens, que incluem corantes baseados em compostos metálicos.
  8. Alguns outros.

Se um contraste for aplicado para ressonância magnética, uma alergia ao contraste, gravidez e insuficiência renal grave são adicionados à lista de contraindicações.

O uso da ressonância magnética ampliou significativamente as possibilidades da medicina. Este método eficaz e relativamente seguro é usado em adultos e crianças.

Para obter um resultado de alta qualidade, você deve seguir todas as recomendações do médico durante o estudo.

Os resultados devem ser analisados ​​por um especialista levando em conta anamnese e dados de outros ensaios clínicos.

Interessante

As informações são fornecidas para fins de informação e referência, um médico profissional deve prescrever um diagnóstico e prescrever um tratamento. Não se auto-medicar. | | Contate-nos | Publicidade | © 2018 Medic-Attention.com - Saúde On-Line
A cópia de materiais é proibida. Site editorial - info @ medic-attention.com