• Descriptografia de testes on-line - urina, sangue, geral e bioquímica.
  • O que bactérias e urina significam no exame de urina?
  • Como entender a análise da criança?
  • Características da análise de ressonância magnética
  • Testes especiais, ECG e ultra-som
  • Normas durante a gravidez e valores de desvios.
Decodificação de análises

Ovulação: sinais, sintomas, sensações + perguntas e respostas

O que é isso, ovulação?

Conceber uma criança não é adequado todos os dias do ciclo menstrual. Somente dentro de um dia a mulher poderá engravidar e, se isso não acontecer, depois de 10 a 14 dias a menstruação ocorrerá. Para que ocorra a fertilização, é necessário fundir o espermatozóide e o óvulo maduro.

No entanto, o corpo de uma mulher não está adaptado à seleção da célula reprodutiva feminina em um curto espaço de tempo. Deve amadurecer no folículo de um dos ovários e depois sair.

O processo de romper a cápsula folicular e o aparecimento subseqüente do óvulo é chamado de ovulação. Em palavras simples, a ovulação é o único dia no ciclo menstrual quando uma mulher é capaz de engravidar.

O conteúdo

Hormônios necessários para a ovulação

Ovulação

Uma das principais causas da infertilidade feminina é a disrupção hormonal, na qual o óvulo do ovário não amadurece, ou a cápsula do folículo dominante não se rompe e continua a crescer, formando um cisto folicular. Condições favoráveis ​​para o início da ovulação sugerem a presença de uma concentração normal no corpo da mulher dos seguintes hormônios:

  • Estradiol - é responsável pelo crescimento do folículo dominante e endométrio. Se esse hormônio não for suficiente, o dominante não se destacará da massa dos folículos antrais.
  • O hormônio luteinizante (LH) - tende a aumentar no momento em que o folículo amadurece. Como resultado, o pico de PH quebra sua cápsula e o óvulo tem a oportunidade de sair e entrar na trompa de Falópio.
  • Hormônio folículo-estimulante (FSH) - é responsável pelo processo de maturação do folículo, bem como estradiol. Os hormônios FSH e LH são complementares, portanto a determinação de sua concentração isoladamente um do outro não será informativa.
  • Testosterona - um excedente deste hormônio impede tanto a maturação do ovo e a ruptura da cápsula do folículo dominante.

Às vezes, as mulheres são diagnosticadas com esses distúrbios do sistema endócrino que constantemente impedem o início da ovulação e que não podem ser curados completamente. Em tais casos, os médicos tentam pelo menos temporariamente trazer o estado dos hormônios de volta ao normal, para que ocorra a concepção.

Quando vem o dia da ovulação?

Apesar do fato de que uma mulher está pronta para conceber uma criança todos os dias, a questão principal permanece em que dia após sua ovulação mensal ocorre? Se olharmos para a literatura médica, a resposta é bastante direta: idealmente, a liberação do óvulo do ovário deve ocorrer no meio do ciclo.

Mas o corpo de cada mulher é individual, portanto, as ovulações precoces e tardias podem ser observadas. A razão para essas anormalidades é desequilíbrio hormonal:

  1. A ovulação precoce é caracterizada por uma concentração aumentada de estradiol e FSH, bem como níveis de testosterona próximos do limite inferior.
  2. A ovulação tardia é caracterizada por baixas concentrações de estradiol e altos níveis de testosterona.

Pré-calcular com precisão absoluta o dia da ovulação é impossível. No entanto, existem exames especiais que permitem prever com maior precisão o momento da liberação do óvulo do folículo dominante.

Métodos para determinar a ovulação

Métodos para determinar a ovulação

Se uma mulher sabe qual período de tempo em seu ciclo é mais favorável para a concepção, ela pode usá-la para fins de planejamento da gravidez e contracepção.

Agenda BT - o momento da ovulação é exibido por uma queda brusca de temperatura de um dia de 0,3-0,4 graus. No dia seguinte, a temperatura sobe 0,2 graus e dura cerca de dois dias durante dois dias, após o que sobe para o nível de 37 graus e acima.

Como resultado, um passo é formado no gráfico entre o menor valor de temperatura e o aumento subseqüente. Este estágio significa o dia da ovulação.

O problema de rastrear a liberação do óvulo com a ajuda de gráficos é que uma mulher pode descobrir sobre a ovulação delineada apenas um dia antes dela (no momento de uma queda de temperatura).

Testes para ovulação - o dia que se aproxima favorável para a concepção é exibido no teste com duas faixas brilhantes. Isso significa que as próximas 36 horas a cápsula do folículo vai quebrar, o ovo vai cair na trompa de Falópio e será adequado para a fertilização durante o dia.

Um pacote contém vários sistemas de teste - isso permite observar como a cor da tira de teste fica mais brilhante.

в тесте на овуляцию слабая вторая полоска, что значит? Pergunta: no teste para a segunda faixa fraca ovulação, o que significa?

Se a segunda tira do teste de ovulação for fraca, isso significa que a concentração de LH ainda não aumentou e o folículo dominante não amadureceu, ou indica que a ovulação já passou. No entanto, este método de determinação da ovulação tem uma grande desvantagem.

O fato é que o reagente no sistema de teste se torna ativo somente se o corpo aumentar a concentração de LH. Mas pode acontecer que o folículo dominante da mulher não tenha amadurecido e não exceda 9 mm de diâmetro, e o pico de LH ainda tenha ocorrido.

Assim, o teste produzirá um resultado falso positivo.

A foliculometria por ultra-som é a maneira mais precisa de prever o dia da ovulação. Na primeira fase do ciclo, o médico pode observar o crescimento do folículo dominante e fazer uma conclusão sobre quando sua cápsula se rompe.

Após o dia da ovulação antecipada, é necessário visitar mais uma vez a sala de ultra-som para se certificar de que ocorreu: a presença de um corpo lúteo e líquido no espaço de confinamento serão sinais característicos nos primeiros 2-3 dias.

Como está o processo de ovulação?

Quando o folículo dominante atinge o tamanho de 18 a 22 mm de diâmetro, isso significa que o ovo está completamente maduro e pronto para ir. Todo o processo de ovulação pode ser considerado sequencialmente:

  1. Chega um sinal no lobo anterior da hipófise que faz com que essa parte do cérebro produza intensamente o hormônio luteinizante. Após algumas horas, o LH atinge um pico igual a 17 - 77 mU / ml.
  2. O folículo em maturação forma um tubérculo na superfície do ovário. Juntamente com o aumento do LH, há um rápido aumento no estradiol, com o resultado de que o tamanho do folículo dominante atinge 22 mm.
  3. Após o início da secreção aumentada de LH a partir do cérebro, um sinal vem do tubo uterino, que é o mais próximo do ovário, que vai ovular. O funil do oviduto está localizado acima do ovário, para que a tuba uterina tenha a oportunidade de capturar o óvulo.
  4. Sob a influência do pico de LH, a parede do folículo dominante, mais próxima da cavidade abdominal, torna-se fina e sua integridade é quebrada.
  5. O óvulo deixa o folículo junto com o fluido folicular que irá nutrir a célula reprodutiva feminina até que seja fertilizado.
  6. A tuba uterina usando cílios captura o óvulo e o transporta para dentro de sua cavidade, onde se encontrará com os espermatozóides.

Todos estes processos ocorrem dentro de 24 a 36 horas e para a maioria das mulheres são completamente invisíveis. Tangible, por via de regra, são só sinais de um aumento subsequente em progesterona: apetite aumentado, sensibilidade de peito, etc.

Sinais, sintomas, sentimentos de ovulação

sintomas, sensações de ovulação

Uma pequena parte do belo sexo ocorre quando um período favorável para a concepção ocorre, vamos descrever os possíveis sinais, sintomas e sensações no dia da ovulação. Primeiro de tudo é:

  • Formigamento no abdômen inferior à esquerda ou à direita pode ser um sintoma do folículo dominante mais aumentado, cuja casca logo se romperá.
  • Um aumento repentino no apetite pode indicar não apenas um aumento na progesterona, mas também um ajuste hormonal que ocorre durante a ovulação.
  • Spotting - algumas gotas de cor marrom claro indicam que a liberação do ovo do folículo ocorreu 3-4 horas atrás. No entanto, esse sintoma ocorre apenas em um pequeno número de mulheres. E se o sangramento intermenstrual estiver presente, então você precisa ter certeza de que eles são provocados pela ovulação.
  • Aumento do desejo sexual - associado à reestruturação dos hormônios e à mudança de fases do ciclo menstrual.
  • A aparência de esticar secreções transparentes. Eles são semelhantes em consistência à clara de ovo crua. Durante o período de ovulação, o "fio" de tais secreções pode ser esticado para 5-7 cm de comprimento.
Sinais, sintomas, sentimentos de ovulação

descarga prolongada, um sinal de ovulação, foto

Se você planeja a relação sexual à medida que os sintomas da ovulação aparecem, essas tentativas podem não levar à gravidez. O fato é que a maioria dos sinais aparece quando a ovulação está prestes a começar, ou já ocorreu.

Durante esse período de tempo, os espermatozóides podem não ter tempo para chegar à tuba uterina (para isso, precisam de várias horas, e a célula-ovo vive apenas de 12 a 24 horas).

Em que dia após a ovulação pode ser realizado um teste de gravidez?

Há várias razões que determinam o desejo de uma mulher de aprender sobre sua gravidez o mais cedo possível: da impaciência banal à necessidade de tomar preparativos especiais para manter a atividade vital do embrião.

Quando surge a pergunta de que dia após a ovulação você pode fazer um teste de gravidez, é preciso considerar que tudo depende do momento em que o óvulo fertilizado é implantado no útero.

  • Implantação precoce, 3 a 5 dias após a ovulação. O teste mostrará uma segunda faixa fraca já no dia 9.
  • Os períodos mais comuns de implantação durante 6 - 8 dias. Neste caso, o teste mostrará uma segunda tira fraca aos 11 dias após a ovulação.
  • Implante tardio, por 9-12 dias. O teste começará a mostrar uma segunda tira fraca, começando aos 13-14 dias após a ovulação.

No entanto, determinar o dia da implantação é quase impossível. As únicas exceções são os casos em que esse processo é exibido no gráfico BT com uma queda de temperatura de um dia de 0,3 a 0,4 graus (recessão do implante).

Mas nem todas as mulheres da temperatura basal respondem à fixação do óvulo.

E se não houver ovulação?

E se não houver ovulação?

Normalmente, uma mulher pode ter 1-2 ciclos anovulatórios por ano. Se não houver ovulação por vários meses, sinaliza que é necessário realizar testes hormonais e mostrar os resultados ao médico.

Como exame adicional, pode-se fazer uma ultrassonografia do útero e dos anexos, além de um instantâneo da sela turca. Entre as razões pelas quais não há ovulação, você pode listar o seguinte:

Ruptura das glândulas endócrinas - o folículo dominante não amadurece ou não quebra no tempo, desenvolvendo-se em um cisto. A incapacidade de conceber devido ao funcionamento inadequado do sistema endócrino é bastante comum e difícil de corrigir.

Por via de regra, a produção de não um hormônio quebra-se, mas vários ao mesmo tempo - isto complica o processo de tratamento.

Excesso de peso ou distrofia - quaisquer desvios graves do peso corporal da norma provocam o corpo a trabalhar por desgaste. O corpo sente instintivamente que as condições para a concepção são desfavoráveis, de modo que o cérebro, mês após mês, não pode enviar impulsos para a glândula pituitária e o hipotálamo, para a produção suficiente dos hormônios necessários.

Aumento do estresse - a suspensão das funções reprodutivas ocorre pela mesma razão que os desvios graves do peso corporal da norma. O corpo começa a lidar ativamente com o estresse e considera o ambiente desfavorável para o transporte de uma criança.

Estresse excessivo - o estresse físico pode ser acompanhado não apenas pela falta de ovulação, mas também pela ausência de menstruação. As funções reprodutivas são devolvidas quando uma mulher recusa cargas excessivas e, por vários meses, muda seu estilo de vida para um estilo de vida mais pacífico.

A maioria das razões para a incapacidade de conceber devido à produção inadequada de hormônios. Portanto, além do ginecologista, você também pode visitar um endocrinologista, que examina os antecedentes hormonais e o trabalho do sistema endócrino em mais detalhes.

Se não houver ovulação por vários meses, este é um motivo para ir ao hospital e não se automedicar. Em primeiro lugar, pode agravar ainda mais a insuficiência hormonal, e em segundo lugar, leva tempo precioso, o que é melhor gastar em um curso adequado de tratamento.

Interessante

A informação é fornecida para fins de informação e referência, um profissional médico deve diagnosticar e prescrever o tratamento. Não se auto-medicar. | Contato | Anuncie | © 2018 Medic-Attention.com - Saúde On-Line
Copiar materiais é proibido. Site editorial - info @ medic-attention.com