• Descriptografia de testes on-line - urina, sangue, geral e bioquímica.
  • O que bactérias e urina significam no exame de urina?
  • Como entender a análise da criança?
  • Características da análise de ressonância magnética
  • Testes especiais, ECG e ultra-som
  • Normas durante a gravidez e valores de desvios.
Decodificação de análises

Muco na urina, o que isso significa? Normas em crianças e adultos, desvios

O que pode dizer muco na urina?

Um indicador importante de mudanças no estado da saúde humana - a composição da urina. Consiste em quase 1000 elementos químicos orgânicos e uma solução salina aquosa. Sua composição é diferente para todas as pessoas, dependendo de muitos fatores (gênero, idade, nutrição, estilo de vida, etc.).

A manifestação de muco na urina é influenciada por vários processos - o funcionamento dos rins, os órgãos pélvicos, processos metabólicos e muito mais.

Mas na maioria dos casos, quando o muco aparece na urina, isso significa o desenvolvimento de processos negativos nos tecidos renais ou patologias no sistema urinário.

O conteúdo

Causas de muco na urina de mulheres e homens

Muco na urina

Formação de muco, o corpo está ligado às células epiteliais do cálice que revestem a cavidade mucosa do sistema urinário. Sintetizando as secreções uretrais, elas protegem as paredes do sistema urinário da influência negativa dos componentes químicos da urina e dos patógenos infecciosos.

A pequena presença de inclusões mucosas na urina (caroços ou flagelos) é um processo natural, pois o sistema urinário é constantemente liberado, principalmente para a mulher, podendo ser misturado ao corrimento vaginal, o que explica a presença de muco na urina de mulheres em pequenas quantidades.

O estado natural da urina localizado na cavidade da bexiga é a esterilidade, sua turbidez é causada por bactérias e muco removidos do corpo durante a micção a partir da porção inferior do canal uretral, onde eles penetram devido a distúrbios funcionais do sistema urinário. Devido a:

  • Reações inflamatórias bacterianas na pelve renal (devido a pielonefrite );
  • Inflamação da membrana mucosa da cavidade da bexiga (uma consequência da cistite ), devido à penetração de muco e bactérias na urina a partir dos focos de inflamação;
  • Dano renal bilateral devido a vários processos patológicos de longo prazo (nefropatia);
  • Urolitíase - urolitíase renal ou ureter;
  • Prolongada estagnação da urina, causando reações de inflamação e acúmulo na urina de uma grande quantidade de muco uretral;
  • Penetração externa de um fator contagioso (doenças venéreas).

Em muitos casos, quando o muco é formado na urina, a razão é a mais trivial, devido à coleta analfabeta de urina para teste - lavagem insuficiente ou não durante a coleta do material, não esterilidade do recipiente ou armazenamento incorreto ou prolongado da urina que não cumpre determinados prazos.

Características do muco na urina em crianças

O aparecimento de muco na urina de uma criança é sempre alarmante para os pais. A imaturidade anatômica e fisiológica do sistema urogenital pediátrico contribui para sua formação:

  1. Inervação imperfeita da bexiga;
  2. Fraco desenvolvimento da camada circular de músculo e tecido elástico;
  3. Motilidade renal aumentada;
  4. Restrição de contratilidade ureteral;
  5. Revestimento mucoso vulnerável e fraco da uretra.

A combinação de tais fatores cria excelentes condições para o desenvolvimento de infecções no sistema uretral das crianças. As meninas são mais suscetíveis à infecção, isto é devido à estrutura individual do sistema urinário - a uretra é mais larga do que nos meninos, e sua localização próxima à saída do ânus predispõe à propagação da infecção de forma ascendente.

Um fator provocador na formação na urina de um filho de muco (uretral) são:

  • Doenças infecciosas inflamatórias;
  • Processos dismetabólicos nas estruturas renais, provocados por má nutrição e falta de ingestão de líquidos;
  • Patologias estreptocicas, fgicas, intestinais, em particular vulvovaginite;
  • O estreitamento do prepúcio com fimose, quando um segredo se acumula em suas dobras e entra na urina;
  • Com raras exceções, pielonefrite e glomerulonefrite infecciosa-alérgica.

A manifestação de muco na urina durante a gravidez

muco urinário durante a gravidez

Além das patologias comuns, as causas do muco na urina no processo de gestação são devidas a uma variedade de fatores. Mesmos inclusões mucosas falam da derrota dos patógenos infecciosos do sistema urinário.

A aparência na urina de elementos estranhos é notada na segunda metade da gravidez, quando um aumento significativo no tamanho do útero causa a compressão do trato urinário.

Uma carga aumentada nos rins pode se manifestar com a pielonefrite gestacional, desenvolvendo-se no contexto da presença no corpo da fonte de infecção e do fluxo de urina obstruído no ureter, o que pode causar a compressão do útero.

  • Ao mesmo tempo a turbidez, formação de muco e flocos epitelialny na urina pode observar-se.

As inclusões no muco uretral na urina em mulheres grávidas podem ser de natureza bacteriana, causadas por patógenos de doenças venéreas (urenoplasma, clamídia, micoplasma), provocando reações inflamatórias em vários órgãos e são perigosas tanto para a gestante quanto para o feto.

Separação difícil da urina em pequenas porções, uma sensação de esvaziamento incompleto da bexiga, febre deve atrair a atenção especial da mulher grávida.

O processo de turbidez da urina contribui para o erro da nutrição grávida. Uma grande quantidade de gordura na dieta provoca aumento da formação de lipídios, turbidez da urina com a formação de um forte odor e fibras mucosas. O uso descontrolado de produtos de panificação de bolinho branco doce feitos de farinha branca, produtos de carne de carne de porco e aves contribuem para a manifestação de formações mucosas na urina.

Com tal dieta, não há patologia nas análises. O fator da deficiência higiênica não é detectado. Ao equilibrar a dieta com uma grande inclusão de produtos lácteos e produtos lácteos, cereais, legumes e pão de centeio - você pode equilibrar a situação e restaurar o equilíbrio normal dos elementos na urina.

Qual é o tratamento?

A urina com muco não é uma doença, mas um sinal de possíveis patologias que se desenvolvem no corpo. Portanto, o protocolo de tratamento é elaborado de acordo com as razões provocativas identificadas. O diagnóstico inclui:

  • Análises de controle repetidas em vários sistemas, esclarecendo as características dos elementos sedimentares na urina;
  • Indicadores clínicos e bioquímicos de sangue e testes renais funcionais são examinados;
  • Amostras de teste para o sistema Zimnitsky ;
  • Cultura de urina bacteriana e exame cistoscópico;
  • Excretor e revisão de urografia e ultra-sonografia dos rins.

Mesmo um pequeno nível de muco na urina, juntamente com a precipitação de proteínas, a presença de flora bacteriana e leucócitos, indubitavelmente indica violações no sistema uretral

  1. Quando a cistite é detectada, a terapia medicamentosa é realizada com antibióticos - Augmentin, Nolicin ou Norbactin.
  2. Terapia da água - ingestão diária de líquidos (até 3 litros) na forma de chás de ervas, decocções ou bebidas de frutas.
  3. No caso de patologias renais, drogas uroantisepsic como furazidin, nitrofurantoin, canephron, urolesan ou os seus análogos acrescentam-se à terapia antibiótica.
  4. Com cólica renal - antiespasmódicos e analgésicos (No-shpa, Drotevarin).
  5. O tratamento da adenomatose na próstata é realizado com antiandrogênicos em combinação com alfa-bloqueadores, no caso de inconsistência no tratamento medicamentoso, sugere-se a operação cirúrgica na forma de ressecção transuretral - procedimento padrão e bastante eficaz.
  6. Com a doença de pedra, o tratamento farmacológico é inútil. Várias técnicas cirúrgicas para remoção e esmagamento de cálculo são usadas.

O tratamento de doenças urológicas e processos patológicos no sistema urinário deve ser rápido. O muco na urina é o primeiro sino, ameaçando se transformar em um "carrilhão" de doenças crônicas e complicações.

Interessante

As informações são fornecidas para fins de informação e referência.Um médico profissional deve diagnosticar e prescrever o tratamento. Não se auto-medicar. | Contato | Anuncie | © 2018 Medic-Attention.com - Saúde On-Line
Copiar materiais é proibido. Site editorial - info @ medic-attention.com